sexta-feira, 27 de maio de 2011

Árvore das famílias linguísticas derivadas do latim

Entenda passo a passo como foi o surgimento do Latim.



video





Embora o latim seja hoje uma língua morta, com poucos falantes fluentes e sem que ninguém o tenha por língua materna, ainda é empregado pela Igreja Católica.
O latim ainda é a língua oficial da Cidade do Vaticano e do Rito Romano da Igreja Católica.
Século XIX
As línguas são classificadas em famílias e consideradas como organismos vivos. A teoria dos primeiros gramáticos comparativos era que, no decorrer do tempo, as línguas passavam por progressos ou retrocessos através de mecanismos de mudança.
Línguas românicas
ž  Também designadas por :
línguas latinas
 línguas neolatinas
 línguas novilatinas
Romances
Ou
 romanços
ž  Essas línguas românicas são um grupo de idiomas proveniente da família mais vasta das línguas indo-europeias, que se originaram a partir da evolução do latim.
    especificamente, do latim vulgar falado pelas classes populares.
  
    Vejamos a seguir os principais idiomas que constituem as línguas românicas ou línguas neolatinas

ž  Há também uma grande quantidade de idiomas usados por um menor número de falantes como :
De Provença na França
romanche (da Suíça),

(dialetos do catalão).
Distribuição geográfica
Além de serem faladas em várias regiões da Europa, as línguas românicas estão em diversos países de outros continentes, como nas Américas (América Latina e Canadá, sobretudo no  Quebec), África e Ásia.
 Vejamos na ilustração a seguir
Grau de evolução
Legenda:
██ castelhano
██ português
██ francês
██ italiano
██ romeno


(cores escuras indicam língua oficial; cores claras, língua de uso comum).

Grau de evolução das línguas românicas a respeito da fonética do latim, segundo os estudos do latinista Marco Pei. Quanto maior a percentagem, mais distante foneticamente a língua é do latim.
ž  Sardo: 8%
ž  Italiano: 12%
ž  Espanhol: 20%
ž  Romeno: 23,5%
ž  Português: 31%
ž  Francês: 44%
ž  Maiores famílias
ž  Segundo os números do Ethnologue, as maiores famílias linguísticas em termos do número de línguas são:
ž  Nigero-congolesa (1514 línguas)
ž  Austronésia (1268 línguas)
ž  Trans-Nova Guineense (564 línguas) (validade disputada)
ž  Indo-europeia (449 línguas)
ž  Sino-tibetana (403 línguas)
ž  Afro-asiática (375 línguas)
ž  Nilo-saariana (204 línguas)
ž  Pama-nyungan (178 línguas)
ž  Oto-manguea (174 línguas) (número disputado; Lyle Campbell inclui apenas 27)
ž  Austro-asiática (169 línguas)
ž  Sepik-ramu (100 línguas) (validade disputada)
ž  Tai-kadai (76 línguas)
ž  Tupi-Guarani (76 línguas)
ž  Dravídica (73 línguas)
ž  Maia (69 línguas)

Pesquisa realizada  pelos acadêmicos do 2º Letras- Renato Izídio, Fernando Silva, Debora Rossia, Leilana Peres e Tassia Cristina.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário